Gestão, Planejamento

RH 4.0: a era da automação, porém menos artificial e mais humana

RH 4.0 Uma Irreversível mudança de comportamento.

Sempre ouvimos falar na evolução industrial, incluindo a automação de processos produtivos, certificações ISO, otimização de processos logísticos, entre outros. Não é para menos que chegamos no termo Indústria 4.0! Mas RH 4.0? O que realmente significa?

Estamos vivenciando a entrada de uma nova geração de pessoas no mercado de trabalho: mais digital, mais imediatista, mais conectada e com maior facilidade de acesso à informação. Como gerir estas pessoas?

Os modelo tradicionais de gestão de pessoas estão se tornando rapidamente obsoletos, criando abismos de expectativas e fazendo com que lideres e gestores sejam abruptamente colocadas à prova quando o tema é engajamento, produtividade e retenção.  Como o RH pode ajudar ?

Aí é que entra o RH 4.0…

E estamos falando não só de tecnologia, automação ou inteligência artificial, mas também de cultura corporativa, comportamento agregador e foco em gente.

Ajudar os gestores a gerir melhor seus times passou a ser item básico na descrição de cargo de qualquer profissional da área de Gestão de Pessoas. Palavras como Coach, Mentor, Business Partner ou Consultor passam a representar melhor o papel que se espera do tradicional “Profissional de RH”.

E como a tecnologia pode apoiar neste movimento?

Compartilhando conteúdo digitalmente (Portais):

 Todo conteúdo do ciclo profissional fica disponível on-line para auto-atendimento;

Eliminando trabalho operacional desnecessário (Automação):

A demanda segue da origem ao destino de forma automática, sem retrabalhos, re-digitações ou intervenções manuais;

Entregando inteligência ao invés de apenas informações (Inteligência Corporativa)

 Cada gestor ou profissional será acionado apenas quando necessário, poupando tempo de análise e garantindo o foco nas atividades departamentais;

Fornecendo visões para análise de comportamento e tendências (Analytics):

 Antecipar situações de ruptura é essencial para o devido planejamento de ações de prevenção e redirecionamentos por parte de cada líder.

Como resultado teremos profissionais mais engajados, gestores mais ativos, RHs mais estratégicos e uma companhia mais atrativa.

A Era da Automação está aí, porém menos artificial e mais humana.

Bem vindo a era do RH 4.0, onde tecnologia se une às pessoas por um mundo mais humano.

Autor:

Evandro Setti

CEO Cingo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.