A Experiência de um Profissional de 50

 

 

A Experiência de um Profissional de 50

Sabe qual a vantagem de ter 50 anos? Você já passou por muitos desafios e sabe como resolver boa parte deles, esse é o seu grande diferencial.

É possível reinventar a carreira após os 50 anos?

Temos que considerar a longevidade.

Temos que pensar num Plano B.

Temos que transformar o conhecimento e experiência em resultado,  continuar planejando e executando essas ações.

Se reinventar não é um processo simples,  mas é necessário.

Da mesma forma que o mercado de trabalho está mudando muito rápido, quem não se adaptar ficará para trás, por isso, nós “cinquentões”, precisamos de autoconhecimento, atualização técnica e comportamental contínua.

O mais importante é que nunca é tarde para recomeçar, e na dificuldade não tenhamos vergonha de pedir ajuda, pois isso é passivo em qualquer idade.

Segundo o IBGE, no Brasil a população acima dos 50 anos representa 69% da população total, e cerca de 37 milhões de profissionais tem entre 49 a 59 anos. Com o aumento da expectativa de vida do brasileiro crescerá a necessidade do mercado de trabalho em absorver esses profissionais.

A empresa que contrata um profissional de 50 anos ou mais tem a percepção quanto a maturidade para lidar com situações adversas e do grau de responsabilidade e compromisso na entrega de suas atividades.

O profissional jovem quer o imediato (tudo é para ontem), sobra conhecimento tecnológico, e em contrapartida falta maturidade e experiência para o mercado de trabalho.

Não podemos nos acomodar. Parar de estudar não é a opção, seja com cursos online ou presenciais. Busque sempre requalificar seus conhecimentos, principalmente em tecnologia.

Sou a prova disso e apresento a minha experiência para retornar ao mercado de trabalho.

Fui empreendedora por 23 anos trabalhando na área de consultoria de sistemas…

Em 2020, em uma decisão familiar, optei por encerrar este ciclo. O foco era cuidar do bem estar da família, da saúde física e mental, e desfrutar das merecidas férias, onde a pandemia impactou.

 

Seria possível retornar?

Atualizei o Linkedin, mobilizei meus contatos nas redes sociais, tive que aprender a fazer as entrevistas online e um monte de coisas …

Depois de muitos nãos ou falta de retorno, já pensando num Plano B, recebo uma mensagem no Linkedin.

Uma pessoa pediu que eu enviasse meu currículo, pois na empresa que ela trabalhava tinha uma vaga que o meu perfil e experiência encaixava.

No outro dia o gestor da vaga entrou em contato e deu tudo certo. Ele queria vivência e isso eu tinha de sobra.

Aceitei o novo desafio e tive a grata surpresa, encontrei mais profissionais acima de 50 anos.

O mundo precisa da inovação dos jovens sim! mas também precisa da experiência dos mais “velhos”, e essa combinação pode ser o segredo do sucesso.

Portanto, dê o merecido destaque para sua experiência profissional no currículo (que é onde todo processo seletivo inicia) e capricha na entrevista (que é onde tudo acaba).

E VOCÊ, se valoriza como profissional após os 50 anos?

Meu nome é Cátia

Trabalho na Cingo

Nos próximos meses Cinquentarei …

 

 

Autora: CÁTIA DALMARCO
Consultora – Cingo

 

Cingo

Produzido pela equipe interna

Redes Sociais:
TwitterFacebookLinkedInYouTube