Estratégia Mercadológica – Oceano Azul

 

 

Você é profissional de vendas/comercial/prospecção, marketing, planejamento, RH/Gestão de pessoas? Não importa sua área ou função pois o conceito trabalhado abaixo se encaixa a todos, que querem alavancar seus negócios ou impulsionar as instituições das quais representam.

 

Você já ouviu falar sobre o conceito do Oceano Azul? Ainda não?

Oceano azul é uma estratégia de marketing que propõe a superação da concorrência por meio da exploração de novos mercados e oportunidades, ao invés da competição acirrada.

Na metáfora, o oceano azul representa a imensidão de mercados inexplorados, enquanto o oceano vermelho ilustra o tradicional cenário muitas vezes sangrento de disputa entre empresas.

O conceito foi apresentado pelos professores sul-coreanos W. Chan Kim e Renée Mauborgne no livro homônimo A Estratégia do Oceano Azul (Elsevier, 2005), publicado originalmente em 2004.

Para chegar ao oceano azul, as empresas devem desbravar espaços INEXPLORADOS do mercado, mergulhando em INOVAÇÕES e tornando a concorrência irrelevante. No entanto, é necessário sair da zona de conforto, e nem sempre as empresas estão dispostas a abandonar um método e/ou estratégias tradicionais.

“Todo progresso acontece fora da zona de conforto” – Michael John Bobak

 

Recomendação de série:

O Negócio acompanha a rotina de 3 empreendedoras que se destacam no mercado e no seu segmento. Elas colocaram em prática diversas estratégias de marketing que aprenderam e, com isso, não só conquistaram espaço no mercado como também criaram a bem-sucedida empresa Oceano Azul.

Série nacional produzida e exibida pela HBO Brasil

Muitos empreendedores se aventuram no mercado ávidos por poder vender seus produtos ou soluções, mas muitas vezes esquecem de fazer o mais importante dos deveres de casa, que é o mapeamento de personas.

Persona é a representação fictícia do cliente ideal de um negócio. É baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos clientes, assim como histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações. A persona por muitas vezes guia a criação de conteúdo, ações de Marketing Digital e planejamento.

“Conheça seu cliente, entre na cabeça dele e entenda como ele pensa e o que ele precisa” – Surama Jurdi

O Brasil é um país com um território muito extenso, com diversas culturas enraizadas em algumas regiões. Existem regiões aonde nos deparamos com um número maior de fornecedores, regiões aonde o regionalismo predomina, assim como regiões carentes de fornecedores, o fato é que para cada região existem mapeamento de personas diferentes e se conseguirmos “falar a mesma língua” com cada uma dessas personas, a probabilidade de êxito e conversão tende a aumentar consideravelmente.

Todos conhecem o Nubank não é mesmo? Hoje eles são um grande case de Oceano Azul.

NUBANK:

A fintech conseguiu unir o baixo custo das operações à entrega de valor superior ao cliente, inovando a forma de utilizar o cartão de crédito.

Para isso, enxugou custos com o autoatendimento por app e conseguiu oferecer anuidade grátis, além de facilitar – e muito – a vida do cliente com as funcionalidades concentradas no aplicativo.

Desse modo, deixou os bancos e sua burocracia para trás no segmento de cartões de crédito, e promete dar trabalho para as grandes instituições financeiras.

Lembre que você precisa gerar e capturar mais valor e não atacar e competir com empresas já estabelecidas, onde as margens são baixas e os preços sempre caem. Foque nos exemplos positivos como Apple e Starbucks. Nenhum deles foi um sucesso por “cobrar menos”, mas por gerar experiência, valor de forma inovadora e facilmente aplicável no dia a dia do consumidor.

 

Autor: Rodrigo Lima

Marketing e Inteligência Mercadológica – Cingo

 

Cingo

Produzido pela equipe interna

Redes Sociais:
TwitterFacebookLinkedInYouTube