Planos Cargos e Salários x Equiparação Salarial

 

Plano de Cargos e Salários

            Sabia que até 11/2017 você precisava de em Acordo Sindical (votação com participação do Sindicato e aprovação de 2/3) ou previsão em CCT para ter um Plano de Cargos e Salários “legal” ? E ainda depois tinha que protocolar ele na SRT (Secretaria Regional do Trabalho), tudo isso com validade máxima de 2 anos!?!

Toda essa burocracia afastava as empresas de adotarem o referido plano estando constantemente suscetíveis a reclamatórias trabalhistas por equiparação salarial.

 Com a reforma trabalhista, essa burocracia toda foi minimizada bastando a empresa organizar seu quadro de carreira ou plano de cargos e salários adotado através de norma interna!

 Conosco na CINGO, a empresa terá o Plano de Cargos e Salários centralizado em único ambiente com visões específicas para cada tipo de usuário de acesso, seja ele RH, colaborador, gestor ou administrador. Assim todos conheceram as “regras do jogo” e poderão se preparar para as oportunidades, além é claro de diminuir o risco trabalhista da empresa!  

 No sistema, as atualizações realizadas em um colaborador (Curso, formação) ou em um requisito para o Cargo refletirão automaticamente nos cruzamentos das tabelas para que o responsável tenha visualmente a posição de cada colaborador para cada cargo.    Atrelado a isso, temos obviamente a questão salarial, onde podemos criar faixas salariais para diferentes empresas, estabelecimentos, regiões, sindicados, e até por grupos de cargos. As Tabelas Salariais podem ter vigências e conforme cada caso, podem ser copiadas e/ou reajustadas.

Abaixo temos as principais características do nosso produto e seus controles / funcionalidades:

  • Mapeamento e registro de cargos, incluindo descrição detalhada das funções, mapeamento das habilidades, conhecimentos e pré-requisitos necessários para cada cargo, com o “Job Profile”.

 

 

  • Agrupamento de Cargos para visualização da “Trilha de Carreira” de cada Área Funcional, com o intuito de orientar e auxiliar o colaborador no desenvolvimento de sua carreira profissional e também de dar mais transparência aos colaboradores em relação aos procedimentos e políticas das áreas de Cargos e Salário, Carreira, Treinamento & Desenvolvimento e Recrutamento & Seleção.

SALÁRIOS / REMUNERAÇÃO

 

  • Gestão de tabelas salariais (Níveis / Faixas), incluindo manutenção por período de validade e aplicação de índices a níveis e faixas por sindicato, região salarial ou competitividade.
  • Geração de tabelas salariais baseada em projeções e simulações;
  • Possibilidade de criação de Fluxo para aprovação de alteração salarial, com verificação dos pré-requisitos cadastrados (requisitos x faixas) e as devidas alçadas de aprovações;
  • Relatórios de Acompanhamento: como funcionários por Faixa Salarial ou por Grupos Salariais;

 

 

Segue a legislação vivente:

CLT  Art. 461.  Sendo idêntica a função, a todo trabalho de igual valor, prestado ao mesmo empregador, no mesmo estabelecimento empresarial, corresponderá igual salário, sem distinção de sexo, etnia, nacionalidade ou idade.                 (Redação dada pela Lei nº 13.467, de 2017)…..

  • 2o  Os dispositivos deste artigo não prevalecerão quando o empregador tiver pessoal organizado em quadro de carreira ou adotar, por meio de norma interna da empresa ou de negociação coletiva, plano de cargos e salários, dispensada qualquer forma de homologação ou registro em órgão público.                     (Redação dada pela Lei nº 13.467, de 2017)

 

“Não perca mais tempo entre em contato e vamos juntos trazer a transformação digital no seu RH.

 O salário sozinho, não é garantia de motivação de um colaborador, mas saber onde está e o que precisa ser feito para chegar onde quer, certamente é um estimulo muito grande para o colaborador, o que reflete em ganhos produtivos para a empresa!”

Autor: 

RAFAEL TRINDADE LUIZ

Consultor Cingo

Cingo

Produzido pela equipe interna

Redes Sociais:
TwitterFacebookLinkedInYouTube